Home.
   
Leia os testemunhos.
Busca por palavra.
Busca por gênero.
Melhores testemunhos.
Mais lidos.
   
Envie seu testemunho.
   
Quem somos.
Fale conosco.
Indique este site.
Receber novos testemunhos no seu email .
   
Livros.
   
Bíblia on line.
Chat.
Cartão Postal.
 

Mande um email para o autor deste testemunho - elogie, apóie, conforte ou saiba maisSara Régia
Oooi_ sou jovem. Vinte e quatro anos_ formada em Administração. Tenho uma boa família_ muitos amigos e amo música_ amo muito mesmo. Te convido a saber que algo diferente aconteceu comigo. Mas vamos ao ano de 2008... Eu tinha 18 anos quando uma dor no lado direito da garganta me levou ao médico_ ao ver o resultado ele me encaminhou à capital do estado_ Teresina_ para um exame detalhado. Pela sua expressão na hora_ percebi que não era coisa muito boa. Mas em plena juventude acho que nada de tão grave poderia me acontecer. E este é o problema_ sempre esperamos acontecer com o vizinho_ com a gente não_ total descuido. No dia seguinte_ já em Teresina_ fiz uma bateria de exames e fui encaminhada a um endocrinologista_ ele diagnosticou e me enviou à um cirurgião de cabeça e pescoço. Eu estava com 03 (três) nódulos na Tireóide_ e deveria ser operada urgentemente_ pois tinha agido silenciosamente e remédios não resolveriam_ estavam avançados demais. Às vezes mal só é percebido quando já tem domínio sobre nós. Eu fiquei meio zonza_ pois não fazia idéia do que era uma cirurgia_ nem tão pouco do porque era tão sério. Eu só sabia que estavam vindo momentos fortes e difíceis_ muita coisa ia mudar. Mas uma voz sussurrava em meu ouvido: “ vai passar...” Mas não era alguém muito religiosa_ não lia a Biblia muito menos freqüentar igreja_ ao meu ver minha juventude tinha coisas mais interessantes. Todos em minha família se mobilizaram em torcer para que tudo desse certo é exatamente assim que conhecemos a qualidade do carinho das pessoas a nossa volta. Sexta_ feira – 23 de fevereiro de 2008_ a caminho do hospital eu ouvia a canção One – U2 Mary Jay Blige. “Um amor_ uma vida”. Às 09 horas entrei no centro cirúrgico e no radio tocava uma musica de minha banda favorita da época. Aquilo me tranqüilizou_ havia um amor e um cuidado maior sobre minha vida. E por mais que minha mãe tivesse aflita sem saber o que aconteceria com sua filha do meio_ eu tinha certeza que tudo ia passar. Não tive medo. Finalmente acordei ás 11 e meia_ a cirurgia foi longa_ mas foi um sucesso. De certa maneira eu confiava naquele médico_ com o passar dos dias soubemos que ele era um dos melhores no ramo ali na cidade. Pois alguém cuidou desse detalhe para mim. E me pôs nas mãos de alguém forte e competente. No hospital recebi a visita de minha prima e seu esposo_ os dois evangélicos_ que viajaram quase 4 horas com minha irmã para me verem e me trazer um presente. Mas o hospital não permitiu que eu recebesse nenhuma visita. Mas ainda assim minha prima enviou o presente por mim minha mãe. Uma Bíblia. Fiquei grata_ mas mesmo com toda minha formação acadêmica e o raciocínio rápido que observei ter_ não sabia ler a Biblia. Não entendo nada. 30 dias depois teria que retornar aos exames para checar se a cirurgia havia surtido resultado. Assim fiz_ e então o médico achou por bem fazer um tratamento de iodoterapia para eliminar todos os vestígios da doença_ que apesar da cirurgia ainda estavam na minha glândula tireoide. Apesar de fragilizada_ pois não sei se mencionei_ mas sou bem magra. Realizei o tratamento_ algo novo e mal sabia que mudaria toda a minha vida. 3 dias sem contato físico com nenhum outro ser humano_ só por telefone ou pela janelinha_ pois o remédio produzia irradiação. 3 dias de mal estar e solidão. O que eu fiz para merecer isso_ Porque Deus tava tão triste comigo ao ponto de me coloca naquela situação. Eu era tão ruim assim_ É exatamente nos momentos solitários que paramos para pensar... pensar_ refletir. Afinal minha juventude sempre correndo atrás de tudo que me interessava e me faz feliz não sobre muito tempo para pensa em coisas mais superiores_ além. Então pensei_ pensei em todos meus 18 anos que já havia vivido. E vi_ quantas coisas ainda tinham que acontecer. Que tudo aquilo não seria o fim. Ao passar mal fui ao banheiro_ os efeitos do remédio eram tão profundos e intensos que um mal estar muito forte tomou conta de meu corpo magro_ e me pus de joelhos_ sem força pra ficar em pé. Era o fim... o ar faltou_ a força acabou_ tudo estava longe. Mas eu não queria que fosse o fim_ eu não queria que acabasse_ eu tinha certeza que havia mais coisas para viver_ eu não podia fazer minha mãe sofrer tanto assim_ eu precisava ver meu pai e meus irmãos de novo_ eu queria ouvir mais musicas com minhas amigas_ eu tinha tanta coisa para fazer. Eu precisava terminar meu curso e me formar. Mas eu não tinha forças_ estava sem controle sobre minha saúde e minha vida. E então_ apesar_ de não ser muito religiosa_ sempre soube da existência de um ser superior_ que ama todos os seres humanos. Eu sempre soube que Deus existe mas nunca tive tanta proximidade com Ele. Tinha certeza absoluta que ele é real e mesmo sem minha visão conseguir vê_lo eu sabia que Deus estava ali disposto a me ouvir. E uma fé incontestável saiu de mim_ e eu pedi com toda a fé que havia dentro de mim_ com toda certeza que Ele estava olhando para mim ali de joelhos_ sozinha_ fraca_ triste. E pedi_ “Senhor_ eu não quero morrer. Por favor_ se Tu me tirar dessa eu passo o resto da minha vida para ti seguir”. E automaticamente uma paz penetrou dentro de mim_ todo o mal estar passou_ e eu fiquei tão feliz. Feliz_ porque Ele me ajudou. Eu vivi um milagre e niguem me contou_ aconteceu com minha própria carne. Essa mesma paz provocou um sono em mim_ e fui descansar. Pois fazia dois dias que eu não dormia direito_ de nervosismo_ tristeza_ ansiedade. Dormi.. e eu ainda não sabia_ mas tinha sido firmada uma aliança entre um Deus soberano e um ser humano qualquer. Ao sair do tratamento voltei a minha cidade natal_ mas meu ego_ orgulho impediram de eu cumprir a minha parte do compromisso. Eu tinha minha juventude_ tudo que eu vivi_ que conquistei_ não poderia ser jogado fora assim porque eu sabia que se eu tivesse que assumir a aliança de andar com Deus alguma coisa eu teria que deixar. Mas eu só pesava no que ia perder_ nunca no que iria ganhar. E eu não queria abandonar minhas musicas de rock_ minhas manias_ meu jeito de ser nem as coisas que eu gostava. E dentro de semanas eu teria que retornar a Teresina para avaliar o resultado da cirurgia junto com o tratamento. Fui. Fiz novamente uma bateria de exames_ e voltamos com os resultados para o médico. Minha mãe torcia para que estivesse tudo bem como se fosse uma final de jogo de futebol. Mas para minha surpresa_ o cirugião não trazia boas noticias_ os nódulos não desapareceram completamente e ainda tinha vestígios da doença. Seria preciso uma nova cirurgia_ dessa vez para tirar toda a tireoide. Aquilo não podia ser verdade_ ele tava brincando. Eu não acreditava que teria que sofrer tudo de novo_ porque_ Minha companheira_ mãe_ sempre querendo parecer forte_ estava contrariada. Mas a voz no meu ouvido disse mais uma vez: “vai passar...” E eu confiei nela. 2009 vai ser um ano melhor e diferente. Tudo isso vai passar. O médico tentou explicar os procedimentos_ mas eu não quis saber. Confiava nele também_ como se ele fosse um escolhido. Então que seja_ venha o que vier. E fiz a segunda cirurgia. Em três meses_ duas cirurgias e um tratamento de iodo. Mas a rotina mudou_ não dava para freqüentar a faculdade nem o trabalho_ só em casa_ passava os dias ouvido musica. Em um dia qualquer_ já na minha cidade_ em meu quarto peguei um short e caiu a sua etiqueta que não estava presa me abaixei para pegá_la e quando li sua descrição só tinha três palavras naquele pequeno pedaço de papel: “Leia a Bíblia_” . Meu coração ficou fervendo e batendo forte_ era um recado para mim... Um recado direto de Deus. Ele queria dizer algo por meio da Biblia. Ele queria falar... Apesar de saber que eu deveria e precisava ler_ não li a Biblia_ o orgulho que tem dentro do coração do homem é tão sério e forte que impede de fazer aquilo que a razão e o coração já conceberam. O orgulho em ver e fazer somente o que queremos. Poxa_ eu estava com vergonha_ porque não cumpri minha palavra mas a verdade é que eu não tinha força para abandonar essas coisas_ que eram coisas que eu amava e que não me fazia mal (pelo menos é o que eu achava). Mas porque tanta insistência de Deus em alguém tão teimoso e egoísta como eu _ Após o tempo de recuperação da segunda cirurgia voltei aos médicos para a avaliação. Fiz todos os exames_ e chegamos com os resultados_ sempre na tensão de boas noticia. Afinal o sofrimento tem uma hora que precisa acabar. Voce é forte só até certo ponto. Ao observar com toda sua sabedoria e experiência_ aquele homem serio de poucas palavras_ me deu a pio noticia de todas. Era preciso uma terceira cirurgia. Mesmo com as outras duas cirurgias e com o tratamento havia surgido dois novos nódulos de linfonodos. E dessa vez ele iria retirar toda a minha região direita aqui do pescoço. Não podia ser verdade. Não_ eu não acreditei que aquilo estivesse acontecendo. Fiquei em choque. Mas aquela voz disse ” vai passar...” dessa vez eu não sabia de mais nada_ eu não tinha mais força_ nem tinha esperança. Eu estava cansada_ de tudo aquilo. Por mim_ tanto faz... Queria que acabasse com tudo aquilo de uma vez. Os amigos e parentes nunca deixaram de acompanhar essa jornada em pensamentos e vibrações positivas. Mas também nas orações. Da minha prima_ seu esposo_ filhos (o Luis Eduardo bem pequeno ainda sabia orar para Deus me curar) minha tia_ meu tio seu esposo todos evangélicos. O presente que ela havia me dado eu perdi. Fiz a terceira cirurgia. E cada vez que entrava naquela sala_ a tensão tomava conta de mim e de toda minha família. Mas eu sempre acordava. Mesmo com a anestesia geral ainda não foi dessa vez. Voltei para minha cidade_ para o tempo de recuperação pós_cirurgico_ mas teria que voltar para fazer o chek up em algumas semanas. Então decidi saber que doença era essa. Porque minha mãe raramente me explicava e com todo seu cuidado de mãe perfeita me passava confiança. Mas a curiosidade bateu mais forte e na internet decidi procurar o que seria Linfonodos. E descobri. Linfonodo é um tipo de nódulo maligno. Para resumir_ era câncer. Sim_ eu tinha câncer na tireóide. Meu Deus o medo tomou conta de mim. Mas eu não podia passar essa fraqueza para os outros a minha volta. Nessa altura do campeonato eu ja estava desolada e triste_ totalmente desanimada. Já mais recuperada da cirurgia voltamos a capital para os exames de avaliação. Mas uma profunda raiva e revolta tomava conta de mim_ quase em um estado depressivo_ eu queria entender porque tudo aquilo estava acontecendo comigo. Porque _ Eu devo ser alguém muito ruim mesmo_ só pode ser isso. Porque isso na minha família_ E porque Eu _ Tanta duvida não respondida_ a única resposta que eu tinha era uma voz em meu ouvido sussurrando que esse sofrimento “vai passar”. A revolta_ o medo_ a tristeza_ a fraqueza_ o sentimento de ter fracassado com minha promessa feita a Deus_ as duvidas_ tudo me fazia cair mais fundo em uma reflexão_ e única coisa certa era essa voz misteriosa dizendo com toda certeza do mundo que um dia aquilo ia passar. Algumas vezes ela até me consolava e dizia que havia casos piores que o meu. Eu deveria prestar atenção que nem era tão grave assim. E em um dia por volta do mês de setembro_ talvez outubro_ quando me locomovia num ônibus eu estava sozinha_ e os pensamentos vieram a mente_ tristeza_ desanimo. Muito infeliz e desesperançada eu vinha pensando em como esse ano foi difícil e ainda tinha falhado com o aquele que tinha me ajudado no momento mais doloroso. E então o ônibus ao parar no sinal minha atenção se voltou para um outdoor do lado de fora. Somente três palavras naquele grande outdoor branco_ em letras vermelhas estava escrito “ LEIA A BIBLIA _ ”. Meu coração fervilhou de novo. Era para mim. Era Deus... Ele queria me falar algo. E mesmo em meio a minha fraqueza_ ao meu fracasso_ Ele estava ali querendo falar. Insistindo em alguém que tinha dado as costas para Ele_ por egoísmo_ vergonha. Havia algo na Biblia que era para mim. E meu coração se alegrou mais uma vez em saber que eu era querida e que alguém não desistiu de mim. Que esse Deus em que o veredicto é soberano estava me observando. E desci daquele ônibus decida a comprar uma Biblia. E assim fiz_ comecei a ler mas nada falava que me chamasse atenção ou que fizesse meu coração bater daquele jeito de novo. Então passados alguns dias_ após a terceira cirurgia retornei aos médicos para os exames e a cirurgia tinha sido boa. Mas ainda assim seria preciso refazer o tratamento de iodo só para garantir que exterminasse toda possibilidade da doença de vez. Meu Deus_ não_ Eu não queria aquilo_ eu não queria todo aquele mal de novo. Preferia 10 cirurgias ao tratamento. Mas além de não quere enfrentar do mal estar eu não queria enfrentar Deus. Foi lá que ele tinha me curado_ que eu tinha feito um trato com Ele que não cumpri. Dessa vez Ele não vai querer me ajudar. Eu vou morrer. Ele não vai se importar. E agora_ Senti uma tristeza e um arrependimento por não ter ouvido e obedecido Deus antes quando tive oportunidade. Mesmo sem querer ainda relutei com os médicos_ mas ele me ignorou e marcou sim o tratamento de iodoterapia. Cada passo que eu dava em direção era como se fosse um passo para a morte. Entrei para os 3 dias de efeito da medicação. Mas como não poderia entrar com pertence algum_ não pude levar minha bíblia. Tudo que levasse teria que ser deixado lá por causa da irradiação. Meu coração pulsava esperando o momento final. Triste_ pensei em minha vida_ como eu tive bons pais que me educaram tão bem mesmo com dificuldade_ como eu fui parar em uma cama de hospital com câncer em plenos 18 anos de idade_ como fui desobediente_ como fiz coisas erradas que nem mesmo percebi_ como eu era frágil_ que vida eu estava prestes a deixar de ter_ e como eu daria qualquer coisa para não ficar cara a cara com Deus de novo. Medo_ muito medo_ tristeza também_ desanimo_ sem esperança. Mas eu queria saber o porque de tudo_ ao menos o vazio que tivesse dentro de mim fosse explicado. E eu estava lá sem bíblia_ mas ao abrir a gaveta de uma cômoda_ do lado da cama_ tinha um Novo Testamento. E com todo nervosismo_ medo_ e vergonha peguei. E decidi abrir. Abri em uma página qualquer... Deus então falou_ e estava escrito. “Ao receber a noticia _ disse Jesus: Esta enfermidade não é para morte_ e sim para glória de Deus_ a fim de que o Filho seja glorificado.” João 11:4 Meu mundo recobrou a cor_ e eu não sei exatamente quanto tempo eu chorei. De alegria por ser livrada da morte_ de ser curada_ ser alvo de uma linda prova de amor de um ser tão soberano_ eu não merecia mas Deus havia me salvado. Eu esperava a vingança_ e o castigo de Deus e Ele me deu amor e perdão. Me deu uma segunda chance. Acreditou em mim. E a luz_ a paz_ a força_ a certeza tudo fez parte de mim. Chorei de alegria e alivio. Queria dar um beijo e um abraço naquele Deus tão puro_ tão bom. Tão diferente da idéia que eu fazia dele. Como ele superou minhas expectativas. Deus é bom mesmo_ e é real. Ele falou comigo através da Biblia. E em poucas palavras explicou tudo que acontecia comigo_ pois Ele conhecia minha historia e sabia todas as causas_ motivos e conseqüências de todo meu sofrimento. Jesus havia levado minhas dores. Eu não precisava delas. Jesus venceu por mim e isso precisava ser glorificado. Ele merece os aplausos_ Ele foi fiel e forte em seu compromisso. Ele teve sucesso e não vacilou no seu trato de salvar a humanidade de levar nossas dores e transgressões. Eu queria honrar isso. Quero honrar a fidelidade dele para comigo. Após o tempo de recuperação do tratamento_ fiz os exames para checar tudo e graças a Deus tive boas noticias dessa vez. Deu tudo certo_ os resultados foram positivos_ e a doença desapareceu. Agora seria só acompanhamento. Mas eu estava decidida também que eu não ia parar. E de certa forma eu sabia que Deus ainda era o melhor. Que Ele poderia mudar a minha vida e ajudar a minha família. Precisávamos todos de bênçãos_ de amor de carinho_ havia tristeza em minha casa_ desafeto_ uma distancia_ discórdias. Nossas vidas tinham que mudar_ nossa condição teria que mudar_ e só Deus poderia fazer isso. Uma dor tomou conta de meu coração_ uma comoção por minha família que precisava de ajuda espiritual e era eu_ EU que teria que dar o primeiro passo. A responsabilidade de vida ou morte da minha vida e minha casa estava sobre mim_ eu fui a escolhida para ser avisada. É... Meu coração estava disposto a abandonar o que fosse preciso para que estar com Deus e Deus estar com minha família. Cada dia lia mais e mais a Biblia_ mas em um certo domingo acordei decida tomar a atitude que mudaria minha vida_ e que era sem volta. Me converter. Aceitar Jesus. Viver pela fé e mais perto de Deus. E lendo o antigo testamento algo me chamou a atenção no livro de Genesis_ a historia de um casal_ especialmente da esposa de um homem que era chamado a abandonar tudo e fazer o que Deus havia mandado ele fazer. O nome dela era lindo_ o mesmo que o meu_ estava claro que era Deus falando comigo. E o Senhor fez uma promessa ao esposo dela e com ela um milagre_ pode dar a luz um filho mesmo com idade avançada. Era a historia de Abrãao e Sara. Deus chama aquele homem de tanta fé debaixo de uma linda promessa de abençoá_lo e fazer dele grande multidão_ de que ele fosse benção para outros. E sua esposa com fidelidade o acompanhou e não abandonou seu marido_ ele era sua família. Essa historia me marcou também e fiquei pensado nela o dia inteiro. Promessa. Em um domingo de fevereiro de 2009_ a exato um ano do inicio do meu sofrimento_ eu pedi a minha prima para me levar à igreja. Eu queria oficializar diante de todos a decisão do meu coração de servir a Deus todos os dias da minha vida. Mas algo nos puxa para não toma essa atitude incredulidade_ ou medo_ orgulho e muitos outros sentimentos. E então eu desafiei a Deus_ de só ir até à frente se o pastor fala alguma coisa que tenha a ver comigo. E o culto iniciou quando um grande e genuíno homem de Deus subiu ao altar e pediu que abríssemos a Biblia em Gênesis capitulo 12_ versículo primeiro. Era a historia da promessa. “Ora_ disse o SENHOR a Abrão: Sai da tua terra_ da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei de ti farei grande nação_ e te abençoarei_ e te engrandecerei o nome. Sê tu uma benção_ Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem em ti serão benditas todas as famílias da terra.” Gênesis 12:1 Mais que uma coincidência uma confirmação de que eu realmente iria fazer a escolha certa. Por diversas vezes foi pronunciado o meu nome (que é o mesmo da também protagonista da historia) Que deus tem uma promessa em minha vida_ que Ele não permitira que eu morra ate que se cumpra. E não importa os caminhos que andei é possível fazer uma nova história. Ele perdoa todos os meu erros e pecados. E me da uma nova vida. Eu sou escolhida e tenho uma promessa de Deus na minha vida. Sou herdeira. Quando ele perguntou quem queria aceitar Jesus_ eu fui a frente. Aceitei esse Deus tão misericordioso e mais outras duas Saras nesse dia. Quero mais desse Deus. E minha vida mudou. Não da noite para o dia_ a mudança é constante_ mas cada dia um crescimento novo. Sou cristã_ tento buscar mais de Deus para mim e minha familia_ e a cada dia descubro o que estava fazendo de errado em minha vida e tentando acertar com o direcionamento do Espirito Santo de Deus. Se Ele através do seu santo Espirito me der forças para não desistir_ pretendo ir até o fim. E sei que Ele vai comigo_ do meu lado me guiando atraves de sua palavra pelos séculos dos séculos até o fim. Agradeço ao meu Deus por esse inexplicavel amor_ por não desistir dessa filha_ por me amar a ta ponto de cuidar dos mínimos detalhes_ de não desamparar a minha família_ de não me deixar morrer carnal e espiritualmente_ por responder todas as minhas duvidas_ por completar o vazio que tinha dentro de mim_ por colocar o meu nome na boca dos irmãos que oraram em favor de minha vida_ por me fazer promessas de paz e benção_ pelas minhas habilidades_ pelos meus dons_ talentos_ por tudo que sei_ por tudo que sou_ por tudo que faço_ pelas pessoas a minha volta_ por cada novo dia que acordo_ por me dar a oportunidade de testemunhar esse amor_ por destruir todos os meus inimigos. Uma nova vida_ com verdadeiro valor e sentido está começando_ 2008 tinha acabado e vem agora um novo tempo. A voz tinha razão_ realmente todo sofrimento passou “Eis que tudo se fez novo... “ Pude compreender que todo esse sofrimento foi causado por minhas péssimas escolhas de fazer sempre o que me agrada_ e não o que verdadeiramente é melhor para mim_ meus caminhos me levaram ate aquela doença_ mas Deus mudou minha sorte. E usou aquela enfermidade para fazer o que Ele sempre teve vontade_ falar e ter comunhão comigo_ para que eu parasse para pensa o real sentido da vida. Que você não espere uma tragédia chegar para você se aproximar de Deus. Vai lá_ LEIA A BIBLIA_ veja o que o bom Deus tem a dizer. Glórias a Deus_ Jesus e Espirito Santo_ Minha razão de vida. Te amo. AMÉM
Clique aqui e mande este Testemunho por email para um amigo Clique aqui e envie este Testemunho  para um amigo
Clique aqui e imprima este Testemunho
 

Segunda - 18/12/2017 - 08:58:42