Home.
   
Leia os testemunhos.
Busca por palavra.
Busca por gênero.
Melhores testemunhos.
Mais lidos.
   
Envie seu testemunho.
   
Quem somos.
Fale conosco.
Indique este site.
Receber novos testemunhos no seu email .
   
Livros.
   
Bíblia on line.
Chat.
Cartão Postal.
 

Mande um email para o autor deste testemunho - elogie, apóie, conforte ou saiba maisGustavo Arrais
A após o falecimento do meu pai foi obrigado me mudar do Rio de Janeiro para São Paulo na idade de apenas 18 anos. De São Paulo foi trabalhar em uma pequena pousada de apenas 10 quartos em uma vila a 160 quilômetros sendo 35 km de estrada de chão . esta vila era tão primitiva quem nem luz elétrica nós tínhamos, o que dirá telefones, televisão e etc. Eu trabalhava de sol a sol indo dormir completamente exausto pois o meu trabalho era físico ou seja dirigir trator preparar a terra para a construção e transportar material de obra. o prédio que eu dormia tinha três andares, sendo que eu ficava no térreo, certa noite fui acordado, não sei explicar, hoje eu acredito ser por dois anjos, porém como estava muito cansado reclamei e xinguei, porém os dois anjos não pararam de me atormentar e mesmo assim eu não acordei, fui literalmente levantado de minha cama e levado até o último andar no depósito de camas e colchões, a cada andar eu xingava e praguejava que queria dormir pois era 2 da madrugada. Quando abri a porta do deposito de camas presenciei o início de um incêndio. A arrumadeira havia deixado cinza de lareira dentro de um saco de lixo de plástico ao passar do tempo as pequenas fagulhas romperam o saco plástico e com a entrada de ar inicio-se o incêndio. Eu entrei no depósito de camas exatamente no iniciar do incêndio e para agravar este saco plástico com cinzas estava em cima de chorões de espuma altamente inflamável. Corri desesperadamente até os banheiros dos apartamentos pegando o baldinho de lixo do banheiro enchendo de água e jogando sobre o fogo. como este incêndio ocorreu às 2 da madrugada e por mais que eu gritasse nem um dos funcionários poderiam me escutar, bem como não tínhamos nem um hóspede nesta data para socorrer. No dia seguinte e contei a história a todos que se não é a viga do telhado e os colchões carbonizados eles não me acreditariam, o que dirá na história de dois anjos que me acordaram e literalmente me ergueram me levado até o terceiro andar. Caso o incidente tivesse acontecido com certeza a minha vida seria totalmente diferente do que é hoje. Desta data em diante deixei que minha vida fosse dirigida e orientada por Deus. A paz do Senhor.
Clique aqui e mande este Testemunho por email para um amigo Clique aqui e envie este Testemunho  para um amigo
Clique aqui e imprima este Testemunho
 

Segunda - 18/12/2017 - 08:58:28