Home.
   
Leia os testemunhos.
Busca por palavra.
Busca por gênero.
Melhores testemunhos.
Mais lidos.
   
Envie seu testemunho.
   
Quem somos.
Fale conosco.
Indique este site.
Receber novos testemunhos no seu email .
   
Livros.
   
Bíblia on line.
Chat.
Cartão Postal.
 

Mande um email para o autor deste testemunho - elogie, apóie, conforte ou saiba maisCustodio Barreto
Você por certo já conheceu alguém que sofreu um grande revés e foi levado a voltar-se para a oração; depois, pouco a pouco, os problemas foram esquecidos; a doçura da vida espiritual, porém, permaneceu e aqueceu-lhe a alma... Certa vez presenciei uma tempestade no fim da primavera. Estava tudo escuro, exceto onde o relâmpago cortava o céu. O vento sibilava e as águas caíam, diluviais. Que devastação! Mas não demorou muito, os relâmpagos cessaram, os raios silenciaram, a chuva parou, as nuvens se foram com o vento manso e apareceu o arco-íris. Então, durante várias semanas os campos ficaram cobertos de flores, e por todo o verão a grama esteve mais verde, os ribeiros mais cheios e as árvores mais frondosas - tudo porque a tempestade havia passado por ali, muito embora o resto da terra já houvesse esquecido o temporal, e suas águas, e seu arco-íris. Deus poderá não nos dar uma jornada fácil para a terra prometida , mas nos dará uma jornada segura. Foi uma tempestade que ocasionou a descoberta das minas de ouro na Índia. E tempestades tem levado alguns a descobertas das mais ricas minas do amor de Deus em Cristo. Amigo, brevemente você ouvirá a voz de Deus, respondendo suas orações: "Não entre em pânico. Mantenha simplesmente os olhos em Deus. Confie-lhe todas as coisas". E saberá estar sendo alvo de seu imensurável amor! "O que habita no esconderijo do Altíssimo, e descansa à sombra do Onipotente, diz ao Senhor: Meu refúgio e meu baluarte, Deus meu, em quem confio." Salmos 91:1,2 Deus te abênçõe,
Clique aqui e mande este Testemunho por email para um amigo Clique aqui e envie este Testemunho  para um amigo
Clique aqui e imprima este Testemunho
 

Segunda - 18/12/2017 - 08:55:54